Viagens – Verão em Ushuaia – Patagônia Argentina

argentina-2013-2227

No fim do mundo, na pontinha das Américas, onde os Andes fazem a curva, ali quase na Antártida… está Ushuaia, uma cidade portuária que antigamente era frequentada quase que exclusivamente por índios, missionários, marinheiros e presos (o presídio funcionou entre 1904 e 1947) e que atualmente em suas ruas ainda reúne muitos tripulantes, mas também turistas de inúmeras nacionalidades, com os mais distintos hábitos e falando as mais diversas línguas.

À primeira vista o local parece pacato, mas lentamente vai se revelando e se demonstra um paraíso natural gelado. O verão é o momento ideal para aproveitar a natureza da região, afinal, nessa época do ano a temperatura máxima atinge até 10 graus celsius (a não ser que seu objetivo seja esquiar, aí o melhor momento é o inverno).

antartida

Região Central

Do aeroporto até a cidade a distância é pequena e o percurso demora no máximo 15 minutos. O centro é até bonitinho, a Av. San Martin, principal rua comercial, tem somente construções baixas e um farto comércio onde se encontra apetrechos de todo o mundo (Ushuaia é Zona Franca e parada de importante rota marítima), bem como agências de turismo que oferecem em suas vitrines tentadores cruzeiros para a Antártida.

Andar pelas ruas nos fez sentir em uma dessas histórias de marinheiros sendo que sensação ainda aumenta quando se visita o Bar ideal, um local simples, mas bem interessante, principalmente por ser decorado somente com lembranças de viajantes. Entrei para beber uma cerveja e bater um papo e acabei deixando lá uma camisa do Botafogo para a decoração.

argentina-2013-2233

argentina-2013-360

Na ponta da Av. San Martin fica o Museu Marítimo e do Presídio, onde conferimos um pouco da navegação naquela latitude, bem como os notórios presos políticos que por lá passaram.

presidio

argentina-2013-2203

Ainda no centro da cidade fica o porto, de onde saem vários passeios para o Farol do Fim do mundo, situado no Canal de Beagle. Embora tenha sido interessante visitar o farol e também ver as pequenas ilhas lotadas de elefantes marinhos, já aviso que por ser verão e as temperaturas beirarem os 10 graus o cheiro dos elefantes não é dos melhores – talvez seja o suor, além disso, o passeio em um catamarã de grande porte tira um pouco da graça e da sensação de aventura.

faroldofimdomundo

argentina-2013-248

Próximo ao porto existem alguns bares e restaurantes bem legais, onde uma centolla (caranguejo gigante) combinada com um (ou uns) vinho(s) cai muito bem.

Lagos Escondido e Fagnano

Mas fiquei com a impressão que o principal da cidade está fora do perímetro urbano. Foi bem divertido ir aos Lagos Escondido Fagnano encarando trilhas em um veículo 4×4 onde, dentre várias descobertas nós percebemos que as árvores que caem ficam intactas por anos no solo (com a temperatura baixa durante o ano todo a região funciona como uma grande geladeira, dificultando a proliferação de microrganismos que normalmente decompõem os vegetais mortos), além disso no passeio estava incluso uma pequena trilha até uma cabana onde almoçamos uma parrila argentina seguida de um passeio radical de bote no lago (o programa leva um dia inteiro).argentina-2013-2138

argentina-2013-191

argentina-2013-2158

 

Parque Nacional da Terra do Fogo

No dia seguinte fomos ao Parque Nacional da Terra do Fogo, que logo em sua entrada conta com o famoso Trem do Fim do Mundo e muitas trilhas para trekking. Optamos por não pegar o trem e caminhar com calma pelo parque até a Baía Lapataia. Não nos arrependemos.

Uma dica que recebemos lá e achamos que valeu muito a pena foi levar vinhos, queijos, sanduíches de miga e pães para o Parque e fazermos um piquenique.

argentina-2013-413

argentina-2013-414

argentina-2013-410

argentina-2013-386

argentina-2013-2261

Estancia Harberton

No penúltimo dia fomos à Estancia Harberton, local fundado por missionários ingleses (anglicanos) e precursor no povoamento da região. A estância é cenário de um livro bastante conhecido El Último Confin de La Tierra, que conta a história da “convivência’ entre os missionários e os indígenas da região. No local há um restaurante e um café e de lá sai o passeio para uma ilha berçário de pinguins.

argentina-2013-351

 

Pinguinera

O ápice da viagem foi visitar uma ilha onde os pinguins reproduzem (majoritariamente Pinguins de Magalhães). O passeio é feito em um bote e a ilha (por motivos óbvios) têm uma série restrições. Contudo ir à Pinguinera fez com que eu me sentisse no filme Marcha dos Pinguins. É muito legal chegar de bote na praia e ver aquele bando de pinguins “conversando em rodas” e presenciar o canto dos machos para chamar as fêmeas.

argentina-2013-2248

argentina-2013-267

Ushuaia tem uma natureza bem viva e diferente da que estamos habituados, fui embora com um gostinho de quero mais, talvez não seja o destino mais associado ao verão, mas certamente tem sua graça.


Ushuaia combina com El Calafate. Confira mais destinos na Argentina:

Viagens – Trekking no Gelo em El Calafate – Patagônia Argentina

Viagens – Roteiro Básico de Buenos Aires


Avaliações de Ushuaia no TripAdvisor

Bar

https://www.tripadvisor.com.br/ShowUserReviews-g312855-d1962057-r198768866-Bar_Ideal-Ushuaia_Province_of_Tierra_del_Fuego_Patagonia.html

Restaurante

https://www.tripadvisor.com.br/Restaurant_Review-g312855-d1084096-Reviews-Tia_Elvira_Restaurante-Ushuaia_Province_of_Tierra_del_Fuego_Patagonia.html

Hotel

https://www.tripadvisor.com.br/Hotel_Review-g312855-d1412976-Reviews-Cilene_del_Faro_Suites_Spa-Ushuaia_Province_of_Tierra_del_Fuego_Patagonia.html

Estancia Harbeton

https://www.tripadvisor.com.br/Attraction_Review-g312855-d1370339-Reviews-Estancia_Harberton-Ushuaia_Province_of_Tierra_del_Fuego_Patagonia.html

2 comentários em “Viagens – Verão em Ushuaia – Patagônia Argentina

Tem alguma dúvida, ou quer compartilhar uma dica? Deixe seu comentário!